quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

1848 - Marx publica “O Manifesto Comunista”



Em um dia como este, no ano de 1848, O Manifesto Comunista, escrito por Karl Marx, com a ajuda de Friedrich Engels, era publicado em Londres por um grupo de socialistas revolucionários de origem alemã, conhecido como “Liga Comunista”.
"Na sociedade burguesa, o trabalho vivo é sempre um meio de aumentar o trabalho acumulado".
(Trecho do Manifesto Comunista)
O panfleto político - sem dúvida o mais influente na história - proclamou que "a história de toda a sociedade até agora existente é a história das lutas de classes" e que a vitória inevitável do proletariado, ou classe trabalhadora, conduziria ao fim da sociedade de classes para sempre. Originalmente, publicado em alemão como Manifest der Kommunistischen Partei ("Manifesto do Partido Comunista"), o trabalho teve pouco impacto imediato. Suas ideias, porém, repercutiram com grande força no século 20.
"Mas, o trabalho do proletário, o trabalho assalariado cria propriedade para o proletário? De nenhum modo."
(Trecho do Manifesto Comunista)
Em 1864, Marx ajudou a fundar a Associação Internacional dos Trabalhadores e, em 1867, publicou o primeiro volume de sua monumental obra Das Kapital (O Capital), o trabalho de base da teoria comunista. Com a sua morte, em 1884 o comunismo tornou-se um movimento reconhecido na Europa. Vinte e três anos depois, em 1917, Vladimir Lenin, marxista, conduziu a primeira revolução comunista do mundo da Rússia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário