sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

1997 - Clonagem da ovelha Dolly é divulgada



No dia 27 de fevereiro de 1997 a divulgação na Revista Nature de que uma ovelha havia sido clonada surpreendeu a comunidade científica e o mundo. Trata-se de Dolly, que nasceu no ano anterior, gerada a partir da célula mamária de uma outra ovelha. Os responsáveis pelo experimento foram os professores Ian Wilnut e Keith Campbell, do Roslin Institute, da Escócia. Dolly foi gerada a partir do núcleo de uma célula mamária de uma ovelha adulta que foi fundido, com a ajuda de uma corrente elétrica, ao óvulo de outro animal, cujo núcleo tinha sido retirado. 

A clonagem deu acerto após 276 tentativas. O nome Dolly foi uma homenagem à cantora country norte-americana Dolly Parton, que tem seios muito grandes. O clone teve um filhote, que recebeu o nome de Bonnie, nascida de um cruzamento normal com um carneiro. A experiência abriu debates sobre os limites éticos das pesquisas científicas sobre clonagem. A famosa ovelha teve que ser sacrificada em 2003 depois de contrair uma infecção pulmonar degenerativa. Também foi especulado que Dolly poderia estar sofrendo de envelhecimento precoce por causa da clonagem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário