quarta-feira, 6 de março de 2019

1475 - Nasce Michelangelo, ícone da Renascença



Michelangelo Buonarroti, o maior dos artistas italianos da Renascença, nasceu em um dia como hoje, no ano de 1475, na pequena aldeia de Caprese, na região da Toscana. Filho de um administrador do governo, ele cresceu em Florença, onde tornou-se aprendiz de um artista aos 13 anos. Entre os seus trabalhos do início da carreira está a impressionante Pietá (1498), uma escultura tradicional de imagem devocional do corpo de Cristo no seio da Virgem Maria. Demonstrando habilidade técnica magistral, ele extraiu as duas figuras perfeitamente equilibradas a partir de um único bloco de mármore.

Artista de renome, em 1508, ele foi chamado à Roma para pintar o teto da Capela Sistina. Os afrescos de Michelangelo levaram vários anos para serem concluídos e estão entre suas obras mais memoráveis. A pintura é formada por nove painéis dedicados à história do mundo bíblico. O mais famoso deles é a A criação de Adão, em que Deus e Adão esticam os braços um em direção ao outro. O trabalho foi finalizado em 1512.

Depois de revolucionar a escultura e a pintura europeia, Michelangelo passou a dedicar-se à arquitetura na segunda metade de sua vida. Em 1534, trocou Florença por Roma, onde viveria até o final dos seus dias. Neste mesmo ano, ele realizou a pintura do Juízo Final na parede acima do altar da Capela Sistina para o Papa Paulo III. Durante as últimas três décadas de sua vida, Michelangelo emprestou seu talento para o desenho de inúmeros monumentos e edifícios de Roma. O artista trabalhou até sua morte, no dia 18 de fevereiro de 1564, aos 88 anos. Além de suas grandes obras artísticas, produziu inúmeras outras esculturas, afrescos, projetos arquitetônicos e desenhos, muitos deles inacabados e outros que acabaram perdidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário