sexta-feira, 24 de maio de 2019

1941 - Nasce Bob Dylan, músico, cantor e compositor



Considerada uma das figuras mais influentes da música popular do século XX, o cantor e compositor norte-americano Robert Allen Zimmerman, mais conhecido como Bob Dylan, nasceu no dia 24 de maio de 1941, na cidade de Duluth, em Minnesota.

Ele aprendeu a tocar violão e gaita quando era pequeno. Em 1959, ingressou na Universidade de Minnesota, em Minneápolis, para estudar artes. Em 1961, foi para Nova York, onde causou impressão na comunidade folk do Greenwich Village. Pouco a pouco, sua fama foi crescendo e Dylan começou a abrir shows de músicos renomados, como John Lee Hooker.

Em 1962, a Columbia Records lançou no mercado o álbum “Bob Dylan”, seu  esperado debut, com apenas duas faixas originais. Já no segundo disco, “The Freewheeling Bob Dylan” (1963), todas as faixas, salvo uma, eram canções de protesto de sua autoria, o que o consagrou como o representante de toda uma geração.

Instrumentos elétricos
Expoente máximo da música folk, Dylan estava começando a incorporar instrumentos elétricos, aproximando-se do folk rock. Esse novo caminho não foi bem aceito por seus fãs. Em 1965, durante o festival de música folk em Newport, o cantor foi vaiado ao subir no palco com uma guitarra elétrica e teve que abandonar o show. Muitos acreditaram que este era o fim de sua carreira.

No decorrer das próximas três décadas, Dylan continuou a se reinventar. Após um acidente de moto quase fatal em julho de 1966, Dylan ficou quase um ano isolado para se recuperar. Seus próximos dois álbuns,” John Wesley Harding” (1968) — que trazia "All Along the Watchtower," mais tarde gravada pelo gênio da guitarra Jimi Hendrix — e o country Nashville Skyline (1969) eram muito menos agressivos que seu trabalho anterior. Críticos detonaram seu disco duplo “Self-Portrait” (1970). No começo dos anos 1980, Dylan começou a excursionar em tempo integral, às vezes junto a lendas como Tom Petty and the Heartbreakers e o Grateful Dead. Discos notáveis do período incluíam “Infidels” (1983); a retrospectiva em cinco discos “Biograp”h (1985); “Knocked Out Loaded” (1986); e “Oh Mercy” (1989), que se tornou seu álbum mais bem recebido em anos.

Grammy
Seu disco de 1997, “Time Out of Mind”, restabeleceu Dylan como um dos maiores artistas do rock, recebendo três Grammy. Ele continuou sua vigorosa turnê, incluindo uma apresentação memorável para o Papa João Paulo II, na qual tocou "Knockin' on Heaven's Door," e uma turnê em 1999 com Paul Simon. Em 2000, ele gravou o single “Things Have Changed”, para a trilha sonora do filme “Garotos Incríveis”, estrelado por Michael Douglas. A canção rendeu a Dylan um Globo de Ouro e um Oscar de canção original.

Dylan então deu um tempo da música para contar a história de sua vida. O cantor lançou “Crônicas: Volume Um”, o primeiro de uma série de três livros de memórias, no outono de 2004. Dylan deu sua primeira grande entrevista em 20 anos para um documentário lançado em 2005. “No Direction Home: Bob Dylan”, foi dirigido por Martin Scorsese.
 
Trabalhos recentes
Em 2006, Dylan lançou o álbum “Modern Times”. O disco atingiu o topo das paradas um mês após o seu lançamento. Uma mistura de blues, country e folk, o disco foi aplaudido pela crítica. Não demonstrando nenhum sinal de diminuir o ritmo, Dylan continuou a excursionar na primeira década do século 21, e lançou o disco de estúdio “Together Trough Life”, em abril de 2009.
Em 2010 ele lançou em sua Bootleg Series, o álbum “The Witmark Demos”, seguido de uma nova caixa intitulada “Bob Dylan: The Original Mono Recordings”. Além disso, ele expôs 40 de seus quadros na National Gallery, na Dinamarca. Em 2011 ele lançou um outro disco ao vivo, “Bob Dylan in Concert - Brandeis University 1963”, e em setembro de 2012 lançou um novo disco de estúdio, “Tempest”. No início de 2015, Dylan lançou “Shadows in The Night”, que trazia regravações de canções consagradas por Frank Sinatra.

Vida pessoal
Dylan e Sara Lowndes, que se casaram em 1965 e se divorciaram em 1977, tiveram quatro filhos: Jesse, Anna, Samuel e Jakob. Dylan também adotou Maria, filha de um casamento anterior de Lowndes. Jakob Dylan se tornou o vocalista da banda de rock “The Wallflowers”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário